terça-feira, 20 de junho de 2017

Back To The Future Delorean com controle remoto em escala real

Bjorn Harms, um engenheiro holandês está finalizando um projeto de dar inveja. Bjorn está criando uma replica funcional do Delorean Time Machine que funciona com controle remoto. Aí você me pergunta: " - O que tem de especial nisso?" 


A escala é 1:1, ou seja, tamanho real. Um delorean real, que funciona com controle remoto tal qual vimos nas primeiras cenas de Back to the Future.

"Tive a ideia quando eu tinha 8 anos e assisti o filme pela primeira vez. Controlar o DeLorean com um controle remoto sempre foi um projeto dos sonhos para mim. Mas demorou muito tempo antes de eu ter confiança e habilidade suficiente para realizar." explica o engenheiro. Bjorn já construiu duas replica do KITT, nossa conhecida super-máquina também controlada remotamente, o que chamou a atenção de um proprietário de um Delorean. 

"O proprietário de DeLorean contatou-me perguntando se seria possível converter um DeLorean. Adorei, pois esse fora o meu sonho desde que assisti De Volta para o Futuro! Claro que sim! respondi. Eu só tive que tentar. Para tornar o projeto ainda mais épico, decidi até mesmo tornar seu controlador Futuba funcional, então ele funciona com o carro. Não foi fácil! Mas eu tinha certeza de que isso poderia ser feito." 



Segundo Bjorn, só projeto do sistema de controle remoto demorou um ano inteiro. Depois disso, começou a converter seu próprio corvette para testes. Depois demourou tres meses para montar o protótipo do sistema no delorean e mais 3 meses para o tornar o mais seguro e melhor controlável.

Veja abaixo o primeiro teste na rua:

 

Siga o canal do Bjorn no Youtube para acompanhar este e outros projetos.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

TBS censura Back to the Future



Quem poderia esquecer o filme "Back to the Future?" O clássico dos anos 80 é a escolha frequente de muitos canais para o entretenimento nos fins de semana e é amado por pessoas em todos os lugares. Há ótimas cenas e frases inesquecíveis - como "88 milhas por hora!" e "1.21 Jigowatts!" - que conseguiram encontrar seu caminho na nossa cultura pop e já estão lá por décadas.

No entanto, o canal TBS (Turner Broadcasting System) da gringa achou que o filme precisava de uma atualização, diria... um pouco mais polida. Ao mostrar a primeira parte de "Back to The Future", a TBS editou a palavra "terroristas" e a ignorou como se nunca tivesse existido. Apesar da palavra "terroristas" não ser um palavrão ou nem mesmo ter cunho sexual, o canal decidiu que a palavra merecia censura.


Além de editar o som, dá pra ver claramente que a palavra terroristas, também foi apagada do vídeo. Veja abaixo, primeiramente a versão original, exibida pela AMC, e na sequência a versão TBS:



As tentativas de censurar Hollywood não são nada novas, no entanto, é difícil entender o raciocínio por trás das edições da TBS ou quem pode ser ofendido pelo uso da palavra "terroristas". A TBS não se pronunciou.

Esse deve ser o porquê ninguém mais de 1955 visita o nosso futuro.

Voltando para o futuro com Christopher LLoyd e Tom Wilson

Se Christopher Lloyd ou Tom Wilson tivessem entrado no DeLorean em 1985 e viajado para 2017 e descobrissem que ainda estavam sendo questionados sobre o filme que fizeram há mais de 30 anos, o que eles pensariam?


Os dois atores que interpretaram o gênio Emmett "Doc" Brown e o valentão Biff Tannen, na icônica trilogia Back to Future, agora são os rostos nos circuitos de comic-cons ao redor do mundo, e no último fim de semana estiveram em Sydney, Austrália, reunindo e saudando fãs ansiosos para conversar sobre os papéis que definiram suas carreiras.

Doc Brown - Christopher LLoyd
Lloyd, com 78 anos, tem feito esses eventos há quase uma década e continua tão entusiasmado como sempre. "Eu me levanto pela manhã e penso, oh meu Deus, eu tenho oito horas para tirar fotos e autografar, e então quando chego no local e as pessoas demonstram tanto entusiasmo e emoção, me divirto muito. Sempre fico muito ansioso por isso", diz o ator.

"Muitas pessoas se aproximam de mim e dizem que Back to the Future teve um impacto tão grande em suas vidas, que os influenciou para se tornarem cientistas,  físicos ou médicos", diz ele. "Algumas pessoas dizem que isso lhes deu muita esperança, era como algo que os alimentava, especialmente os jovens que viviam em circunstâncias não muito boas, e Back to the Future lhes deu algo ... ou os fez sonhar. É um efeito muito positivo e eu fico muito feliz em estar associado com tudo isso".

"Sobre a questão da viagem no tempo, acredito que todo mundo tem essa fantasia de poder quebrar a barreira do tempo, e o roteiro escrito por Bob Gale realmente captura esse tipo de emoção. Imagine se você pudesse entrar em uma máquina do tempo e voltar para a época da Guerra civil ou para a era de ouro na Grécia? Eu também gostaria de ir para o futuro, talvez iria para daqui 50 anos só pra ver como as coisas estão. Quero dizer, há muita coisa acontecendo agora no mundo. Sinto que a nossa situação politica está muito instável no momento e acredito que, de fato, as mudanças climáticas estão ocorrendo, e que Trump saindo do acordo de Paris é um grande erro", diz Lloyd.

Política à parte, Lloyd diz que não se cansa ao receber sempre as mesmas perguntas feitas pelos fãs. As maiores dúvidas são se ele realmente dirigiu o DeLorean (sim, ele dirigiu, mas o "material complicado" foi feito por motoristas dublês, explica), ou qual é seu filme favorito da série (o terceiro porque ele adora um westerns). Além das perguntas, sempre pedem que repita algumas das suas frases mais famosas. "As pessoas me perguntam se posso dizer 'Great Scott' e eu faço isso com força total", diz ele.

Biff Tannen - Tom Wilson
Já Tom Wilson, de 58 anos, teve um relacionamento mais complicado com seu personagem. E só agora voltou a mergulhar de volta ao circuito de comic-cons depois de se distanciar por alguns anos de Biff Tannen.

"A forma como o público estava recebendo o filme naquela época deixou muitas pessoas com vontade de me dar uma chave de braço, me empurrar ou me chamar de butthead, esse tipo de coisa", brinca Wilson. "Então, para mim, não que fosse desagradável, a maior parte do tempo era agradável, mas o afastamento foi uma forma de dizer ao público que eu sou uma pessoa, um ator e na verdade, nada parecido com o personagem que interpretei em BTTF".

Wilson, que também é um comediante de stand-up, criou a hilária música The Question Song , na qual ele responde perguntas repetitivas, veja o vídeo abaixo (gravado anteriormente na Silicon Valley Comic Con):


Com 15 anos de idade Tom foi para um evento e conheceu o "The Incredible Hulk", o Lou Ferrigno, e na época se emocionou muito, por isso ele entente a reação dos fãs. "O que me emociona", disse Wilson sobre a reação nos eventos, "são as pessoas que se aproximam de mim e explodem em lágrimas e dizem: "Eu só quero que você entenda que você é minha infância. Minha mãe e meu pai me levaram para ver esse filme em uma época difícil de nossas vidas e isso me fez me sentir melhor". Ele também diz que quando criança era muito magro e acabava apanhando de valentões na escola e isso faz com que muitas pessoas compartilhem suas experiências de bullying com ele.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

1º Encontro Fnac Paulista De Volta para o Futuro - Bate-papo com os autores do Blog BTTF

Atenção fãs de São Paulo da Trilogia Back to the Future !!!
Vem aí o 1º Encontro Fnac Paulista De Volta para o Futuro!

Você sente falta de participar de eventos dedicados a Back to the Future no Brasil? Então essa é sua chance de curtir um dia especial, ao lado de pessoas que cultuam com amor a melhor trilogia de todos os tempos: nós, a turma do Blog Back to the Future! Como vocês sabem, já realizamos outras celebrações dessa franquia em São Paulo, como o famoso Baile Encanto Submarino 17/10/2015 e outros encontros com a turma da Rede Graal e seu Delorean Time Machine, todavia essa é a primeira fez que será realizado um encontro de fãs na FNAC da Paulista, através de uma parceria onde eles nos cederam um espaço super agradável para reunir os amigos e expormos alguns objetos da nossa coleção particular de De Volta para o Futuro, tudo em um formato único!

O evento contará com as presenças dos autores do Blog BTTF: Anderson Drumond, Alisson Miola, Leandro Freire e Patrícia Ferrari. A ideia é nos apresentarmos no palco e falarmos um pouco sobre a história do Blog BTTF (principalmente para quem não nos conhece pessoalmente), depois falaremos sobre algumas curiosidades dos filmes, sobre o futuro da trilogia e sobre os produtos que estão para sair em breve (incluindo no Brasil). E ao final do evento, teremos um quiz com os fãs (com direito a sorteios de brindes), a presença de cosplays da saga e outras surpresas bem legais! Tudo isso, em um clima bem descontraído entre amigos, um verdadeiro bate-papo de fãs!

Back to the Future é uma franquia amada por muitas pessoas, porém os fãs não estão acostumados com eventos especiais no Brasil. Queremos mudar esse cenário aqui. Mas para que o evento seja um sucesso, tudo dependerá de você participar! Lembre-se: fazemos isso apenas por sermos fã dos filmes e não objetivamos lucro.

A entrada é franca e a faixa etária é livre (todas as idades), afinal nós já conhecemos desde fãs mirins (9 anos) até fãs seniores (mais de 50 anos)! Programem seus circuitos do tempo!


Data: 15 de julho de 2017 das 14:00 as 16:00!
Endereço: Av. Paulista, 901 - Bela Vista, São Paulo
Entrada Franca, Idade livre

Comentem aqui quem vai bater um papo conosco sobre a trilogia, ao vivo !!!
Nos vemos no futuro (ou no passado)!

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Teoria da Conspiração: Os pais do Marty sabiam que ele era um viajante do tempo?

Nova "Back To The Future Theory" sugere que os pais de Marty sabiam que ele era um viajante no tempo! Será?


A nova teoria de fãs surgiu recentemente, sugerindo que os pais de Marty McFly em "Back To The Future" estavam cientes de que ele era um viajante do tempo, o tempo todo.

Como todos sabemos, no primeiro filme da trilogia, Marty McFly volta no tempo para 1955, através da máquina Delorean, e acidentalmente leva sua mãe a se apaixonar por ele. Depois de consertar essa "cagada" e garantir que o relacionamento de seus pais continue como planejado (e o curso da história não seja afetado), McFly retorna para 1985 e assume que obteve êxito na ordem do universo.

No entanto, o usuário djbred18 da Reddit, acredita que há evidências suficientes para sugerir que os pais de Marty de fato o reconheceram do passado e sabiam que ele havia viajado de volta para conhecê-los em 1955.

Confira sua teoria abaixo

"Eu percebi que no final do filme, quando Marty olha para sua pickup Toyota 4x4 e está conversando com Jennifer, ele olha de volta para seus pais na porta, e eles lhe dão um aceno de cabeça e um sorriso, para logo em seguida virarem e irem embora. Bom, e se os pais de Marty se lembrassem de quem ele era e lhe comparam aquela pickup como uma maneira de dizer obrigado?

É uma cena tão estranha no filme, que é difícil pensar de outra forma. Sim, você poderia argumentar que eles estavam sorrindo e dando-lhe privacidade, porque eles aprovam Jennifer e o relacionamento de Marty com ela, e queriam ver sua reação com a Toyota.

Mas para mim é mais sensato que eles pensem: nosso filho se parece exatamente com aquele garoto que desapareceu da escola em 1955 sem ser visto novamente. E aquele garoto sabia sobre a canção Johnny B Good, o personagem Darth Vader e o planeta Vulcan de Star Trek antes que eles existissem.

A conexão inicial para a mãe Lorraine teria sido a primeira vez que ela viu um anúncio da Calvin Klein em um outdoor! Acho que essas pitadas de sabedoria do futuro ajudaram-lhes a construir a teoria. Quer dizer, eles tiveram 30 anos para descobrir!

E é claro que eles não podiam dizer nada a ele sobre isso, porque eles eram espertos o suficiente para saber que qualquer menção dos eventos poderia potencialmente prejudicar o que aconteceu. Talvez, os pais do Marty tivessem até conversado com o Doc Brown sobre a teoria maluca e questionado como eles deveriam agir! Então eles jogaram de forma inteligente, não disseram nada e, em vez disso, compraram-lhe um carro como um agradecimento. 

Por que motivo eles teriam comprado um veículo para o Marty e não para seus irmãos? Tenha em mente que seu irmão ia pedir emprestado o BMW para começar a trabalhar. 


Reflita: os pais de Marty não eram tão ignorantes quanto ao que aconteceu, como muitos pensaram! A prova está naquele sorriso de sabedoria que compartilham no baile (em 1955) ... 'Marty, eu gosto desse nome'."

Texto adaptado de Andrew Trendell 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...