sábado, 1 de agosto de 2015

Crispin Glover ainda está magoado com Back to the Future


Crispin Glover tem uma história áspera com Back to the Future. Enquanto ele viverá para sempre na memória de uma geração, simplesmente por interpretar George McFly, seus problemas em curso com a realização da trilogia ainda é uma história nebulosa para muitos.

Acontece que ele ainda está com raiva sobre o ocorrido. Realmente irritado. Em entrevista ao The Guardian, Glover não esconde nada quando se fala sobre os problemas que teve com o filme e escritor / produtor Bob Gale:

"-Eu fazia muitas perguntas e sugeria muitas cenas, e eles (os cineastas e os outros atores) ficavam enfurecidos. Não quis participar das continuações e acabaram dizendo coisas falsas sobre mim." Crispin Glover

O ator ainda tem muitas mágoas com o ocorrido, tanto que escreverá um livro no qual irá abordar diretamente o assunto, dizendo que os produtores mentiram e que pode provar isso. Glover sentiu que o final de Back to the Future era uma declaração implícita de que dinheiro é igual a felicidade. Que quando os pais de Marty são pobres, são tristes e após as mudanças que os tornam ricos, eles são felizes. E esta é exatamente a rixa entre Glover e o cineasta Bob Gale.

O ator diz que não aceitou o papel na continuação por não concordar com o final materialista do primeiro filme, já Gale concedeu diversas entrevistas onde comentava que o ator não quis participar da continuações pois queria um cachê maior.

Tudo ainda piorou quando foi substituído por outro ator, e ainda teve algumas de suas imagens utilizadas em Back to the Future II.

Crispin Glover é um cara esquisito estranho. É importante que todos saibam sobre este ponto. Ele é mais ou menos como se fosse um personagem real de um filme de David Lynch. Dito isto, sua estranheza faz dele um cara diferenciado. Analisando de forma crítica, Glover conduziu o papel de George McFly de modo digamos "excêntrico", mas para um lado bom. Fato: George McFly é engraçado, porém destoa completamente do humor do filme. É uma daquelas coisas que você não percebia ao ver o obra quando era uma criança na década de 1980, todavia apenas revendo-o mais tarde você notará traços da personalidade do ator.

Tudo bem Glover, sempre vamos amá-lo no filme, mesmo sabendo que você vai "estar de mal para sempre" com a trilogia (risos).

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...