sábado, 21 de maio de 2016

Teoria Macabra: Doc Brown teria matado uma versão do Marty?

Esta é uma teoria estranha que surgiu na rede sobre Back to the Future, e diz que há uma versão do Marty que Doc matou (Santo Deus!). Isso é meio assustador, certo? Porque como sabemos ao assistir aos filmes, Doc nunca matou ninguém. Mas acontece que há uma teoria a qual diz que ele fez isso sim!


Primeiro aqui vai um aviso rápido: esta teoria pode ser perturbadora demais para alguns fanáticos! Se você ama muito BTTF (amo muito tudo isso) e não quer que suas convicções sejam arruinadas ou não é uma pessoa de mente aberta, melhor parar por aqui.

Bom, se esta ciente aqui vai a estranha ideia.

Em Back to the Future, Marty viaja de volta para 1955 e pede que ao Doc Brown de 1955, para ajudá-lo a voltar a 1985.

Doc obteve um resultado positivo no retorno de Marty de volta a 1985, usando o raio da torre do relógio, que foi canalizado para o Flux-Capacitor, enviando 1,21 gigawatts necessários para a viagem no tempo.

No entanto, no começo do filme, antes de Marty viajar para 1955, Doc havia sido baleado e morto por líbios por roubar seu plutônio. Marty tentou avisar o Doc de 1955 sobre a sua futura morte em 1985. Sem êxito, quando Marty volta a 1985, ele vê o Doc levando um tiros "básicos" dos líbios e o que ele acredita ser seu próprio "eu" do passado. 

Doutor Brown sobrevive porque ele resgatou a carta (ou seja, colou os pedacinhos que ele rasgou) escrita pelo Marty, informando-o da sua futura morte. E o que dizer sobre o Marty? Bem, Marty assiste o seu "eu" do passado viajar de volta no tempo (para 1955) no final do filme, gerando esse looping temporal saudável e gostoso que todos adoramos.

Mas acontece que uma teoria diz que não é bem assim...


Veja, a teoria diz que, este Marty que vemos viajar de volta no tempo no final do filme não é o mesmo Marty que vimos viajar no início. O Marty "original" que conhecemos no inicio, conviveu com a mãe Lorraine alcoólica, o pai George nerd e o chefe Biff fazedor de bullying. Todavia, quando Marty pulou na máquina do tempo e, inadvertidamente, viajou a 1955, ele mudou esse passado. Ele interferiu com o primeiro encontro de seus pais e, embora eles tenham ficado juntos novamente, isso mudou o futuro de todos.

Lorraine torna-se mais feliz e magra, George é agora um escritor de sucesso e Biff torna-se mais "gentil" com todos. E esta é a família que o "novo" Marty cresceu. E ele ainda comprou a Toyota 4x4, que o Marty queria no começo.

Sendo assim, se toda a família do Marty mudou, talvez o Marty não tenha se tornado o tipo de jovem que iria sair com um cientista maluco. Como consequência, na nova linha do tempo, Doc sabia que tinha que rastrear o "novo" Marty, e construir uma máquina do tempo para envia-lo de volta, porque ele sabia que, precisamente em 26 de Outubro de 1985, o Marty "original" que ele conheceu em 1955 iria reaparecer e aí existiriam dois Martys nessa realidade, e isso poderia destruir o continuum espaço-tempo.

E vemos isso acontecer, porque no final do filme, assistimos esse "novo" Marty voltar no tempo. Mas para onde (ou quando) Doc o reenviou?


Quero dizer, o "novo" Marty não poderia ter sido enviado de volta a 1955, porque já existe um Marty lá. E ele não poderia ser enviado para um futuro distante, porque "talvez" Marty faria algo perigoso que destruiria o universo. Então, como Doc é inteligente, ele deve ter mandado o garoto de volta no tempo para um distante passado. Tão longe quando a Terra ainda era lava derretida! Ele enviou Marty para um momento onde se afogaria em lava e, portanto, concluímos que Doc enviou Marty para a morte!

Assim, no final do filme, quando pensamos que é apenas o Marty "original" viajando de volta para 1955, estamos na verdade vendo um Marty "diferente" viajando para a sua morte, tornando-o um mártir.


Você pode pensar "esta teoria é absurda". OK, concordo! 

Mas permita-me mostrar a história de Back to the Future por outro ângulo!

"Em 1955, o cientista Doutor Emmett L. Brown tem uma revelação. Ele imagina o Capacitor de Fluxo, um componente ideal para criar a máquina do tempo. Mais tarde, naquele mesmo dia, um jovem de 17 anos, chamado Marty McFly, chega em sua porta vindo do ano 1985. Doc imediatamente sabe que concluiu o trabalho da máquina do tempo, testando-a em 26 de Outubro de 1985. Doc envia esse Marty de volta a 1985 e cria a máquina do tempo em um DeLorean DMC-12. Ele rastreia o Marty que vai nascer, e em 1985 o engana, enviando-o para uma viagem no tempo para a morte. Doc diz para esse novo Marty que se ele não fizer aquilo, ele iria destruir o continuum espaço-tempo e diz que seus pais o odiavam, que viveriam melhor sem ele, e que Jennifer queria terminar o namoro pois estava gostando de outra pessoa. Extremamente deprimido, Marty pula no DeLorean e acelera a 88 mph, mandando-o para antes que a Terra fosse formada. Marty afoga-se em lava e morre. Enquanto isso, o Doc e o Marty (que retornou de 1955 para 1985) continuam felizes suas vidas".

Sim, nós sabemos que isso é meio doente. Mas nós te avisamos!

Bom sonhos imaginando esse Doctor Brown demoníaco... kkkk

Fonte: http://moviepilot.com

5 comentários:

  1. Faz sentido, houve uma mudança no futuro de todos quando Marty reuniu seus pais novamente criando uma linha do tempo alternativa, Doc de 1955 sendo cientista com certeza p previu isso

    ResponderExcluir
  2. teorias são sempre teorias..kkkkk, quase tudo é possivel quando se trata de viagens no tempo e realidades alternativas.

    ResponderExcluir
  3. Realmente essa teoria é absurda e não tem lógica nenhuma!!! Primeiro que os fatos que aconteceram em mudar o passado foi restrito apenas aos pais de Marty e depois claro com a existência do rapaz (se os pais não ficassem juntos ele não existiria). Isso não tem como influenciar em como será o comportamento da pessoa, o jeito de ser do "novo" Marty pois isso não existe, não tem "novo Marty" pois é o "mesmo Marty". Quanto a este aspecto deve ter permanecido praticamente tudo igual, mudando alguma coisa ou outra na vida dele (pela questão dos pais terem mais dinheiro e tal), mas em resumo, não tem como ser outro Marty (e nem ele acreditar de uma pra outra numa historinha mal contada do Doc pra ele ficar deprimido e se matar, por favor, isso é muito forçado). O Marty iria retornar na mesma hora que partiu, como se nunca tivesse saído de 1985 - esqueceram desta frase do filme em que o Doc fala pro Marty antes dele retornar de volta para o futuro? Então NUNCA que iria ter o problema de ter "dois" Marty diferentes. O cara que criou esta teoria OU esqueceu de propósito disto OU simplesmente ignorou o fato. Mesmo assim ainda existe aquele tal de "efeito cascata" que nem tudo na linha temporal acontece na mesma hora exata, pode demorar algumas horas até toda a linha temporal se ajustar, principalmente quando é algo muito grande (como em paradoxos).

    ResponderExcluir
  4. Faz sentido, como em "The Flash,criaria um paradoxo temporal.

    ResponderExcluir
  5. Tá meio parecido com aquele filme do tesla

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...