sexta-feira, 15 de julho de 2016

Clint Eastwood e a reconstrução de um ícone de Back to the Future III

88 milhas por hora - Sem tickets, apenas viagem no tempo


Outra grande estrela de Back to the Future III é a Locomotiva à Vapor usada para empurrar o Delorean a 88 milhas por hora. 

Conhecida por Sierra # 3, a locomotiva é um modello 4-6-0, dez rodas. Foi construída por Rogers Locomotive and Machine Works of PattersonJ, e concluída em 26 de março de 1891.

Durante a Grande Depressão, a Sierra Railway entrou em falência em 1932, e foi reorganizada como a Sierra Railroad Company em 1937. A Sierra No. 3 foi retirada de serviço em 1932. Ao longo das próximas cinco décadas, puxou trens de excursão turística, e apareceu em muitos filmes, programas de TV e comerciais. 

Entre eles estavam Gary Cooper High Noon, em 1952, pelo qual ganhou o Oscar de Melhor Ator, e Unforgiven de Clint Eastwood, pelo qual ele também ganhou o Oscar, desta vez de Melhor Filme em 1992. Isto mesmo que você leu: A mesma locomotiva foi usada por Clint Eastwood real e pelo Clint Eastwood de Marty McFly em Back to the Future III. A locomotiva teve sua aparência alterada diversas vezes para o cinema e TV.


Em 1995, a Administração Ferroviária Federal emitiu novas normas de segurança para caldeiras de locomotivas a vapor. Como resultado, a Serra No. 3 foi retirada de serviço em 1996, pela necessidade de uma grande reforma para cumprir estes regulamentos revisados. O projeto de reparo progrediu muito lentamente até 2007, quando uma grande campanha de angariação de fundos começou. Naquela época, o orçamento foi estimado em US $ 600.000.



Em um apelo de angariação de fundos, Clint Eastwood, que trabalhou com o nº 3 em vários filmes, descrevia a Sierra No. 3 como "uma velha amiga preciosa." Eastwood tinha usado a locomotiva no início de sua carreira na série de TV Rawhide, e mais tarde usou a locomotiva em suas próprias produções de filmes Pale Rider e The Unforgiven. Seu apelo atraiu muitos doadores e viu um aumento do interesse na preservação dos trilhos por parte de grandes corporações e da indústria cinematográfica, que, no passado, sempre destruiu equipamentos ferroviários de idade, sem pensar duas vezes. 

Hoje, a configuração da locomotiva remonta sua aparência de 1929, quando o filme "The Virgnian" foi filmado e forneceu a primeira evidência conhecida da presença de cabine de aço "de 3-spot". O custo final da reconstrução foi de US $ 1,5 milhão, e a locomotiva oficialmente retornou ao serviço em 03 de julho de 2010.

Hoje ela é usada diariamente, levando turistas na Sierra Norte Railway. 

Dica do amigo Audieres Rodrigues, via Cinetrains

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...