segunda-feira, 19 de junho de 2017

Voltando para o futuro com Christopher LLoyd e Tom Wilson

Se Christopher Lloyd ou Tom Wilson tivessem entrado no DeLorean em 1985 e viajado para 2017 e descobrissem que ainda estavam sendo questionados sobre o filme que fizeram há mais de 30 anos, o que eles pensariam?


Os dois atores que interpretaram o gênio Emmett "Doc" Brown e o valentão Biff Tannen, na icônica trilogia Back to Future, agora são os rostos nos circuitos de comic-cons ao redor do mundo, e no último fim de semana estiveram em Sydney, Austrália, reunindo e saudando fãs ansiosos para conversar sobre os papéis que definiram suas carreiras.

Doc Brown - Christopher LLoyd
Lloyd, com 78 anos, tem feito esses eventos há quase uma década e continua tão entusiasmado como sempre. "Eu me levanto pela manhã e penso, oh meu Deus, eu tenho oito horas para tirar fotos e autografar, e então quando chego no local e as pessoas demonstram tanto entusiasmo e emoção, me divirto muito. Sempre fico muito ansioso por isso", diz o ator.

"Muitas pessoas se aproximam de mim e dizem que Back to the Future teve um impacto tão grande em suas vidas, que os influenciou para se tornarem cientistas,  físicos ou médicos", diz ele. "Algumas pessoas dizem que isso lhes deu muita esperança, era como algo que os alimentava, especialmente os jovens que viviam em circunstâncias não muito boas, e Back to the Future lhes deu algo ... ou os fez sonhar. É um efeito muito positivo e eu fico muito feliz em estar associado com tudo isso".

"Sobre a questão da viagem no tempo, acredito que todo mundo tem essa fantasia de poder quebrar a barreira do tempo, e o roteiro escrito por Bob Gale realmente captura esse tipo de emoção. Imagine se você pudesse entrar em uma máquina do tempo e voltar para a época da Guerra civil ou para a era de ouro na Grécia? Eu também gostaria de ir para o futuro, talvez iria para daqui 50 anos só pra ver como as coisas estão. Quero dizer, há muita coisa acontecendo agora no mundo. Sinto que a nossa situação politica está muito instável no momento e acredito que, de fato, as mudanças climáticas estão ocorrendo, e que Trump saindo do acordo de Paris é um grande erro", diz Lloyd.

Política à parte, Lloyd diz que não se cansa ao receber sempre as mesmas perguntas feitas pelos fãs. As maiores dúvidas são se ele realmente dirigiu o DeLorean (sim, ele dirigiu, mas o "material complicado" foi feito por motoristas dublês, explica), ou qual é seu filme favorito da série (o terceiro porque ele adora um westerns). Além das perguntas, sempre pedem que repita algumas das suas frases mais famosas. "As pessoas me perguntam se posso dizer 'Great Scott' e eu faço isso com força total", diz ele.

Biff Tannen - Tom Wilson
Já Tom Wilson, de 58 anos, teve um relacionamento mais complicado com seu personagem. E só agora voltou a mergulhar de volta ao circuito de comic-cons depois de se distanciar por alguns anos de Biff Tannen.

"A forma como o público estava recebendo o filme naquela época deixou muitas pessoas com vontade de me dar uma chave de braço, me empurrar ou me chamar de butthead, esse tipo de coisa", brinca Wilson. "Então, para mim, não que fosse desagradável, a maior parte do tempo era agradável, mas o afastamento foi uma forma de dizer ao público que eu sou uma pessoa, um ator e na verdade, nada parecido com o personagem que interpretei em BTTF".

Wilson, que também é um comediante de stand-up, criou a hilária música The Question Song , na qual ele responde perguntas repetitivas, veja o vídeo abaixo (gravado anteriormente na Silicon Valley Comic Con):


Com 15 anos de idade Tom foi para um evento e conheceu o "The Incredible Hulk", o Lou Ferrigno, e na época se emocionou muito, por isso ele entente a reação dos fãs. "O que me emociona", disse Wilson sobre a reação nos eventos, "são as pessoas que se aproximam de mim e explodem em lágrimas e dizem: "Eu só quero que você entenda que você é minha infância. Minha mãe e meu pai me levaram para ver esse filme em uma época difícil de nossas vidas e isso me fez me sentir melhor". Ele também diz que quando criança era muito magro e acabava apanhando de valentões na escola e isso faz com que muitas pessoas compartilhem suas experiências de bullying com ele.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...