quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Moto voadora Speeder esta a um passo de se tornar comum

As motos voadoras sempre apareceram em desenhos, filmes e histórias de ficção científica. Dos "Jetsons" à "Star Wars", a ideia de montar em uma moto e voar por aí sempre povoou o imaginário de engenheiros e motociclistas. Agora essa ideia está bem perto de se tornar realidade.



Depois do carro-avião, agora é vez da moto voadora chegar ao mercado. A empresa americana JetPack Aviation começará a produzir o primeiro modelo do gênero a ser colocado à venda. Batizado de Speeder.

A empresa não informou quando as primeiras unidades serão entregues, mas adiantou que apensas 20 unidades serão produzidas para a venda ao público comum. A aposta da JetPack é que o Speeder seja empregado em uso militar, para o resgate em áreas remotas no futuro.


Como é o sistema de funcionamento da Speeder?

O sistema operacional da moto voadora é semelhante ao de um drone. Ela é movida por 4 turbinas, a diesel ou querosene, que se autorregulam para fornecer sustentação e equilíbrio.

Há outras turbinas menores com bicos direcionais responsáveis pelo impulso e as manobras a partir da cauda.

O modelo ainda vem com sistema próprio de rádio para comunicação com outras aeronaves e com torres de controle no solo.

Outras fabricantes também desenvolvem motos voadoras e em breve a oferta de modelos será maior. A polícia de Dubai, por exemplo, já testou um modelo similar feito pela empresa russa Hoversurf, especializada em drones, assim como a própria JetPack.

E ao contrário dos carros voadores, essas motos não possuem pneus e rodas, sendo exclusivamente feitas para voar e não rodar em estradas.

Em seu canal oficial no YouTube JetPack Aviation, a empresa realizou um vídeo demonstrativo pra termos ideia de como o veículo funcionará.




RUAS? PARA ONDE VAMOS NÃO PRECISAMOS... DE RUAS...

LEMBRETES!!!

Ficou interessado na Speeder? Então prepare o seu bolso o veículo já pode ser encomendado via internet ao preço de US$ 380 mil (cerca de R$ 1,5 milhão).

O Speeder ainda está em fase de desenvolvimento, por isso a fabricante avisa que o desempenho poderá sofrer alterações, principalmente, no tempo de voo.

O conjunto pode levar o veículo a uma velocidade de 240 km/h e chegar à altitude de 4.500 metros. A autonomia varia de 10 a 22 minutos.

Os futuros motociclistas voadores da Speeder, terão de passar um treinamento e possuir licença para voar. A empresa fará uma versão com velocidade reduzida que não exigirá habilitação e será voltada apenas para treinamento.

FONTES: UOL e Gazeta do Povo

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...